Um mini-guia sobre marketing de conteúdo: o que é e como funciona

11 de outubro de 2018 por na categoria Conteúdo com 0 e 0

Antes de entender de marketing de conteúdo, você precisa saber que:

  • O Google recebe mais de 100 bilhões de buscas por mês, segundo o Mashable.
  • 81% dos compradores realizam pesquisas online antes de fazer grandes compras, segundo o Retailing Today.
  • 90% dos consumidores começam uma tarefa em um dispositivo e a terminam em outro, de acordo com a Forbes. Exemplo: conhecem um produto no computador de trabalho e concluem a compra no celular a caminho de casa.
  • 70% das buscas em dispositivos móveis levam a ações em um website em até uma hora, segundo o Iacquire.
  • Marketing de conteúdo gera 3X mais leads que outbound marketing, e custa 62% menos, segundo o Demand Metric.
  • As instituições de ensino que utilizam o Marketing de Conteúdo como estratégia têm 2,2x mais visitas com publicações em blog, segundo o EduTrends.
  • Consumidores que recebem email marketing gastam 83% a mais quando fazem compras, segundo o iContact.
  • O Marketing de Conteúdo traz 2,2 vezes mais visitas e 3,2 vezes mais leads para as empresas que o adotam, segundo o Content Trends.
  • 76% das pessoas usam seu feed do Facebook para encontrar conteúdo interessante, segundo o HubSpot.

Pensando em todos esses números, vou explicar para você o que é marketing de conteúdo e como ele funciona.

O que é marketing de conteúdo?

É um novo jeito de fisgar seu consumidor. Como o nome mesmo já sugere, é uma estratégia onde são criados conteúdos relevantes para seu público-alvo, que a partir de agora chamarei de persona. Mas por que criar conteúdo? Porque queremos informar o consumidor sem nenhuma pretensão de venda, inicialmente. O marketing de conteúdo não é sobre o que sua empresa faz, mas sobre o que seus clientes precisam saber. Alcançar a dor da sua persona e mostrar como saná-la, cria vínculo e traz autoridade para a marca.

Pense em uma academia de musculação, a persona desta empresa está procurando informação sobre saúde, nutrição e treinos. Se essa academia tem um blog onde divulga textos sobre estes assuntos, irá atrair a atenção inicial de quem apenas está procurando melhorar sua performance ou sanar alguma dúvida. Isso cria uma proximidade com a persona dando confiança e credibilidade à sua marca.

Metodologia

Os benefícios e a importância do Marketing de Conteúdo estão fundamentadas no Inbound Marketing. Ou seja, qualquer estratégia de marketing que busque captar o interesse das pessoas de forma não invasiva ou interruptiva. E para conseguir fazer isso, o Inbound se baseia em cinco níveis:

  1. Atração: por meio de conteúdo relevante, o inbound atrai visitantes interessados nos conteúdos que sua empresa tem a oferecer.
  2. Conversão: o intuito deste nível é transformar visitantes em leads, aproximando-os mais do seu negócio e transformando-os em potenciais compradores;
  3. Relacionamento: como o nome do nível já diz, é onde você vai se relacionar com sua persona, seja por email, redes sociais ou novos conteúdos;
  4. Vendas: seu lead demonstrou interesse no produto ou serviço que sua empresa oferece? Este é o momento de mostrar que sua solução é a melhor e fechar a venda;
  5. Retenção: a relação entre sua empresa e seu cliente não termina após a compra. O Inbound prega um relacionamento duradouro, em que você ofereça todo o suporte necessário, além de encantar o cliente com materiais interessantes e um atendimento competente.

Como funciona?

Agora que entendeu o que é, vamos conversar melhor sobre como o marketing de conteúdo funciona. Dentre seus vários objetivos, podemos destacar 6:

  1. Aumentar sua visibilidade na internet
  2. Aumentar interação com a sua marca
  3. Nutrir a base de leads
  4. Reduzir o custo de aquisição de clientes
  5. Ganhar confiança do público e adquirir propagadores de sua marca
  6. Melhorar a experiência pós-venda

Como aplicar?

Existem várias formas de aplicar e executar uma boa estratégia de Marketing de Conteúdo. Algumas formas podem ser:

  • Blog;
  • Conteúdos Ricos (infográficos, e-books, estatísticas,…);
  • Vídeos;
  • Redes Sociais;
  • Email Marketing.

Ali em cima, eu troquei a palavra público-alvo por persona, e agora, vou explicar o porquê dessa troca. O marketing offline usava do termo público-alvo para demonstrar quem seria atingido por uma peça publicitária, mas usando conceitos simplistas, como sexo, idade, região de moradia, etc. Hoje, com as mudanças do marketing definimos a persona de acordo com conceitos mais relevantes, como os problemas que ela enfrenta, como saná-los, quais são seus objetivos pessoais e profissionais, as fontes de informação que costuma utilizar, perfil psicológico, entre outros.

Se você analisar a fundo, verá características semelhantes em seus compradores e com essas informações em mãos você conseguirá criar estratégias focadas nas necessidades dos clientes, oferecendo conteúdos relevantes e importantes. Poderá até mesmo saber o tom que será usado em cada conteúdo, informal, técnico, mais descontraído…

E isso que conversamos é apenas o começo do marketing de conteúdo. Quer criar estratégias e trazer sua empresa para o novo marketing? A Toulouse está sempre ligada nas novidades do mercado, oferece serviços de Inbound e de Marketing de Conteúdo. Converse com um especialista e descubra como podemos ajudar sua empresa a conquistar seus objetivos.

Adicionar comentário

© 2018 ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação - (11) 4590.0103