5 estratégias de marketing para indústrias gerarem leads B2B

25 de julho de 2019 por na categoria Estratégia com 0 e 0

Antes de conversarmos sobre estratégias de marketing, vamos definir o que é B2B. Seu significado é “Business to Business”, ou “Empresa para Empresa”, e o B2C significa “Business to Consumer” ou “Empresa para Consumidor”. Quando falamos que um negócio é B2B, quer dizer que seu público-alvo são outras empresas – e não o consumidor final, como é o caso de empresas B2C.

E por isso que as estratégias de marketing precisam ser focadas de formas diferentes. O empresário que vai se interessar pelo seu produto pensa e age na hora da compra de forma totalmente diferente do que o consumidor final.

O marketing é a atividade que atua na promoção de determinada oferta para atrair e reter clientes. Nesse sentido, o marketing industrial é uma solução especificamente criada para os objetivos das companhias que precisam direcionar sua mensagem para outras companhias.

5 estratégias de marketing para indústria:

Estratégias de marketing

Elaborar uma estratégia de marketing vai além do básico, ou seja, não adianta apenas pensar em redes sociais. Aliás, hoje é uma obrigatoriedade para as empresa terem perfis nas redes sociais. Uma boa estratégia de marketing conta com calendário editorial para ser seguido sem falhas e para que a empresa tenha um rendimento melhor e mais eficaz.

Presença digital

Como diria Buzz Lightyear do filme Toy Story, “Ao infinito e além”. Faça uma lista de todos os canais digitais que sua empresa pode participar e se dedique a mantê-los atualizados. Mas se você tem uma equipe de marketing que não consegue abraçar todos os canais que você listou, separe os mais relevantes do seu setor.

Conteúdo relevante

Criar apenas para cumprir tabela não adianta. Dentro da estratégia de marketing, os conteúdos precisam ser relevantes. E por quê? Porque seu público vai te ignorar caso não desperte a atenção dele. E não falo sobre criações visuais elaboradas, digo sobre títulos, script e dissertação.

Hoje, a dispersão de atenção ocorre muito rápido, pois cada notificação no celular ou na tela do computador parecem ser mais importantes do que o texto que o consumidor está lendo. Por isso digo que as estratégias de marketing precisam, antes de tudo, entender o que o cliente precisa.

Por exemplo, um administrador de fábrica de tapetes. Ele precisa aumentar a produção dele sem aumentar o número de funcionários e como ele faz isso? Comprando uma máquina que tenha uma capacidade maior do que a que ele tem atualmente? Pode ser. Mas quem vai dar essa resposta a ele? Você e sua empresa. Como? Com um conteúdo explicativo de como a sua máquina é melhor para a produção de tapetes do que aquela que ele já tem.

E onde entra o fato do conteúdo ser relevante? O administrador da fábrica de tapetes procura uma solução, entra em seu conteúdo, mas o texto não agrada. Ou durante o texto ele se vê perdido em explicações muito técnicas. Sabe o que acontece com esse leitor? Ele perde o foco no seu conteúdo e vai ser sugado pelas notificações de suas redes sociais ou pelos e-mails do seu diretor cobrando algum relatório. Ou, pior ainda, ele vai pesquisar por conteúdos dos seus concorrentes, e se ele encontrar algum que seja relevante, que consiga ajudar com sua dor, a probabilidade dele fechar com um concorrente é muito grande.

Não podemos generalizar e dizer que um texto técnico vai fazer o leitor perder o interesse em seu material, mas acredito que existam maneiras mais informais de dizer que o seu produto é o melhor sem usar palavras e termos desconhecidos.

E-mail marketing

E do que adianta ter um conteúdo top e relevante se ninguém fica sabendo dele? Nada, não é mesmo?

O e-mail marketing é uma das estratégias de marketing que precisa estar na sua lista de afazeres. Notificar os consumidores sobre uma promoção, um conteúdo novo no site ou trazer informações sobre o mercado financeiro do setor são exemplos que você pode usar para se comunicar com seu público-alvo. O assunto tem que ser relevante e que acrescente algo positivo para o seu leitor.

Automação de marketing

Em nosso blog existem textos mais específico sobre automação de marketing, mas vou resumir sua importância: economia de tempo da sua equipe de marketing e vendas.

A automação de algumas estratégias de marketing dão fôlego para que outras questões sejam focadas. Por exemplo, um possível cliente que acabou de perceber que tem um problema, assim como nosso administrador da fábrica de tapetes, precisa ser educado com muito material para chegar na decisão da compra final, então a automação fará isso por você.

Estas são apenas cinco estratégias que você pode começar a adotar em sua empresa. Desde 2004 a Toulouse é especialista em marketing industrial, pois acreditamos que as indústrias têm uma grande necessidade em desenvolver estratégias para otimizar seus resultados. Fale com o Sidney, nosso especialista, e veja como ele pode ajudá-lo.

 

Adicionar comentário

© 2018 ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação - (11) 4590.0103