A prova fundamental que e-mail marketing funciona

Abril 13, 2015 por na categoria E-mail Marketing com 0 e 0
Home > A prova fundamental que e-mail marketing funciona > Web > E-mail Marketing > A prova fundamental que e-mail marketing funciona

Muitas pessoas chamam erroneamente o e-mail marketing de spam, mas temos que considerar algumas diferenças entre eles. A principal é que o e-mail marketing é um meio de comunicação planejado e que é enviado somente para pessoas que aceitaram recebe-lo, através de preenchimento de formulários (digitais, impressos, ou de alguma outra forma que comprove que as pessoas aceitaram receber). Já no caso do spam, a história é bem diferente… Quando um e-mail marketing é enviado para pessoas que não aceitaram recebe-lo, ou que nem mesmo sabem porque estão recebendo, ele se torna um spam. É comum ver empresas comprando listas de e-mail para enviar e-mail marketing, mas isso é um erro muito grave, porque as pessoas podem denunciar a empresa como spammer, acabando com sua reputação, e o domínio do site pode até mesmo ser cancelado. E comprar informações é crime. Ninguém pode vender ou comprar informações pessoais sem o conhecimento e consentimento das pessoas.

Aí entra a pergunta: e-mail marketing ainda funciona? A resposta é SIM. Funciona e muita bem. Mas para que ele funcione e cumpra com os objetivos de quem o enviou, é preciso seguir as normas:

– o envio tem que ser feito somente para pessoas cadastradas;

– o layout tem que estar de acordo com todas as especificações para não ser barrado nos diversos filtros da internet e dos servidores de envio e recebimento de e-mails;

– a mensagem tem que ser de acordo com o que os seus contatos aceitaram receber (nunca envie promoções para uma lista que somente aceitou receber só informações institucionais, por exemplo);

– planeje a frequência de envio de modo a não incomodar seus contatos;

– use um sistema de envio de e-mail marketing (existem diversos sistemas no Brasil, inclusive alguns gratuitos);

– use a ferramenta de opt-out, que é a opção dos seus contatos removerem seus e-mails da sua lista, caso assim queiram.

 

Agora conheça 2 cases de sucesso de uso de e-mail marketing.

Nike:

Lançaram um tênis de corrida que grava o desempenho da pessoa durante suas atividades físicas. Essas informações podem ser passadas para um aplicativo online que as registra e o progresso de uma corrida para outra. O objetivo é mostrar ao usuário seus progressos e fazer com que ele melhore suas marcas.

Mas quando o usuário para de usar o aplicativo, a Nike entende que ele pode ter parado de fazer suas atividades físicas e envia um e-mail marketing incentivando-o a voltar, que é uma demonstração que a empresa se preocupa com o desempenho e saúde de seus clientes. Desse modo, o e-mail marketing é recebido com gratidão pelo usuário.

No e-mail o usuário também pode fazer uma avaliação para encontrar um novo tênis ideal para ele, e o que é ainda mais interessante, ele recebe um vale de 250 dólares para finalizar a compra.

 

Gol:

Em 8 anos a Gol tornou-se uma gigante no mercado de aviação, crescendo de apenas 6 para 106 aeronaves nesse período. Uma das ações que utilizaram para esse crescimento foi o e-mail marketing. A empresa contratou uma agência especializada que criava as campanhas, fazia acompanhamento para mensurar os desempenhos das ações e higienização da lista de contatos.

Com isso, a Gol conseguiu acompanhar a interação com todos que recebiam seus e-mails marketing, com a chance de alinhar suas ações de acordo com as necessidades do seu público-alvo, com mensagens relacionadas a promoções e novidades direcionadas.

Adicionar comentário

© 2018 ~ Desenvolvido por Toulouse Comunicação - (11) 4590.0103